! Onlinemente Falando: É tudo a mesma coisa!

17 julho 2012

É tudo a mesma coisa!

Compartilhe
Clique para ampliar
Não dá pra diferenciar. E eu não estou falando de gêmeos. Acho que a imagem aqui em cima explica praticamente todo o post. Achei em uma página no Facebook e resolvi salvar, pra futuramente, comentar. Pois bem, aqui estamos nós. Aqui, lá ou ali. Mais precisamente, só Foursquare pode dizer. Se alguns pais já sofrem com esse tipo de coisa, esperem, vai piorar cada vez mais. Smartphones, tablets, notebooks, eles já dominaram o mundo. Eu não consigo viver sem os meus. Você não consegue viver sem os seus. Ninguém consegue viver sem eles. No dia-a-dia corrido, são eles quem salvam o mundo. Isso se o seu plano 3G ajudar. Nos finais de semana, são eles que te tiram do tédio quando vai em algum lugar chato (casa dos tios(as), quero dizer). Conversar, trocar mensagens, atualizar suas redes sociais, é pra isso que eles servem. Só não tenho certeza se foi exatamente para isso que eles foram criados.
Eu particularmente, quando acordo, a primeira coisa que faço é desativar o despertador. Onde? iPod. Minha mãe também faz isso, só que com aquele velho relógio irritante que toda mãe/vó já teve, ou no caso, ainda tem. Dá vontade de mandar longe quando desperta, eu sei. Com esse tipo de relógio, até dá pra fazer o experimento. Depois, é só passar em alguma lojinha e comprar outro. Já, com um celular, isso custaria um pouco mais. Histórias a parte, esse não é o ponto central. Conexões, redes sociais, perfils públicos, blogs, sites. Percebem como tudo se dirige ao mundo virtual? E ainda tem pai que reclama que o filho não sai do computador. Só eu fico indignado com isso? Acho que não.
Poxa, o futuro vai ser exatamente isso! Desenvolve, cria, construa! Digitalmente, é claro. O fato é que não vão conseguir tirar isso da gente. Claro que tem que existir o controle. 23h por dia até que é razoável. Um pouco mais, quem sabe. Até as televisões já aderiram ao movimento sexy da coisa. Falo por experiência própria das Smart TVs. Xbox, kinect, Wii U. Só eu acho toda essa tecnologia a coisa mais fantástica que o homem inventou? Pessoas de lugares distantes conseguem conversar devido à essas criações, e isso é que é o mais legal de tudo. São coisas que foram criadas para um propósito e com o passar do tempo, foram se adaptando e criando um outro caminho. Enquanto isso, a gente continua conversando, lendo outros blogs, trocando mensagens e vivendo.